Rota Vicentina, um projecto Casas Brancas

 In News, Stories
A Rota Vicentina
A Rota Vicentina é uma Grande Rota Pedestre que liga Santiago do Cacém a Sagres, é composta por 21 etapas que podem chegar até aos 25 km cada uma. Foi oficialmente inaugurada em Junho de 2013. É de resto o primeiro grande filho da Associação Casas Brancas. Todos os sócios se envolveram intensamente na concretização deste projeto por acreditarem ser uma enorme mais valia para a Costa Alentejana e Vicentina enriquecendo a região e atraindo consequentemente mais turismo de natureza – o segmento de mercado que se procurou alcançar desde sempre por se acreditar ser a opção mais sustentável para a zona.

Implementação RV

O ano de 2012 foi um ano de trabalho árduo para as Casas Brancas. Foi a altura dedicada à implementação deste que foi o maior projeto alguma vez desenvolvido pela Associação. Depois do traçado definido, foi tempo de o assinalar devidamente ao longo dos 350 km que o integram (caminho histórico trilho dos pescadores). Foi com prazer que os colaboradores da Associação partiram para o terreno para cavar, pintar e desbravar um terreno que em muitos momentos se encontrava praticamente virgem.

Depois, impôs-se  comunicar o projeto ao país e ao mundo. Os sócios Casas Brancas receberam nas suas instalações inúmeras visitas de imprensa dos quatro cantos do mundo, foram feitas em simultâneo diversas ações de sensibilização local –  sessões de esclarecimento abertas à população onde se apresentaram os prós e contras da chegada da Rota ao território. O momento certo para evidenciar a extrema importância da RV para a região que permitia colmatar uma falha antiga: o facto da Costa Alentejana e Vicentina ser essencialmente um destino de sol e praia. Um dos veículos fundamentais para mostrar ao mundo o trabalho desenvolvido pelas Casas Brancas  foi o vídeo Rota Vicentina. Recebeu prémios nos EUA, em Berlim, em Cannes, na Letónia e claro, em Portugal, perfazendo um total de cerca de 10 prémios nacionais e internacionais. Vale a pena espreitar!

Associação Rota Vicentina
Map-RotaVicentina

Depois da apresentação pública do projeto não faltaram empresários locais a querer estabelecer uma ligação mais institucional à Rota. A adesão foi tal que a Associação Casas Brancas decidiu tornar a Rota uma Associação independente, com critérios de admissão bem mais flexíveis que os praticados pelas Casas Brancas. O sucesso foi estrondoso, em poucos meses a Associação Rota Vicentina reuniu aproximadamente 100 sócios e outros tantos listados.

Também o site da Rota Vicentina foi concluído pela equipa da Associação Casas Brancas com a inclusão de todas as empresas membro, parceiras e listadas. Espreite aqui como ficou e saiba que prémios distinguiram o projeto.

A recepção de imprensa internacional de inúmeros meios de comunicação de referência de todo o mundo foi fundamental para colocar a região e claro o trabalho da Associação Casas Brancas na boca do mundo. Aqui encontra algumas dessas histórias.

Associação Rota Vicentina prepara-se agora para rentabilizar este grande investimento financiado em grande parte pela União Europeia. No total o projecto custou cerca de meio milhão de euros, contou com o apoio de vários municípios e Juntas de Freguesias locais e ainda de uma Associação algarvia, a Almargem.

Como tornar este projecto uma mais valia para todos os sócios e para a região é agora o desafio da equipa da Associação Rota Vicentina, liderada pela antiga Directora da Associação Casas Brancas, Marta Cabral.

MAIS INFORMAÇÕES EM www.rotavicentina.com
Recommended Posts